4 de abril de 2012 – Filosofia (Aula 9)

Os sofistas (continuação)

b. Górgias

  • “O bom orador é capaz de convencer qualquer pessoa sobre qualquer coisa”.
  • Górgeas acreditava no subjetivismo: a verdade é subjetiva a cada indivíduo, não havendo portanto a verdade absoluta, nem a própria verdade, pois ela é imposta pelos mais fortes.
  • A sofística destruía os fundamentos de todo conhecimento, já que tudo seria relativo e os valores seriam subjetivos; relativismo e subjetivismo são teorias sofisticas (inimigos de Sócrates).

Sócrates

“Conhece-te a ti mesmo”, Templo de Delphos

  • Gnosis seauton (γνῶθι σεαυτόν)
  • Filósofo ateniense, inaugurador do período antropológico (questões humanas, relacionadas aos homens).
  • Inimigo dos sofistas e da democracia ateniense – pois a democracia ateniense definia como verdade tudo aquilo que era decidido pela maioria, e Sócrates não acreditava que a decisão da maioria era a verdade.
  • Foi condenado a morte por ofensa aos Deuses e por corromper politicamente os jovens (condenado a beber cicuta)

1) A busca pela verdade.

  • É possível conhecer a verdade (aletheia), através de um método: a dialética, diálogo, maiêutica (arte de dar a luz a verdade).

1º passo: a ironia
“Só sei que nada sei”
Através dessa ideia, sócrates se reconhecia ignorante: “nada sei” diante de todo conhecimento. Fazendo a ironia neste momento ele levava seus interlocutores a repensarem sobre suas proposições, ideias e crenças.

2º passo: a maiêutica (arte de dar a luz a verdade)
“O parto das ideias’
Neste momento, Sócrates levava a seu interlocutor a retificar a sua tese, proposição, crença, então o adversário deixava nascer a veradade (aletheia)

II) A ética

  • é a ciência que busca o bem supremo(felicidade eudaimonia)
  • a virtude é a qualidade, função que a coisa exerce, já o vício é o defeito, quando a coisa não exerce sua função.
  • exemplo: a virtude de uma tesoura é sortar, a virtude de uma cadeira é servir de assento.
  • Sócrates confunde pensar com agir (os gregos não separavam pensar do agir) exemplo: o fumante para Sócrates tem uma má ação pois desconhece o bem, age mal por ignorância.

@inaeodara13

Sobre Manual do Jedi

Blog criado por @inaeodara13, aluna do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Magnum em Belo Horizonte. Com fins educacionais, postaremos aqui memórias de aula, dicas de leitura e de filmes, resumos de livros, entre outros assuntos de interesse dos estudantes.

Publicado em 8 de abril de 2012, em Filosofia, Memórias de Aula. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: